domingo, 21 de novembro de 2010

Batismo na Umbanda


Batizado na Umbanda



O QUE É O BATISMO?

O Batismo é um rito de passagem, feito normalmente com água sobre o iniciado através da imersão, efusão ou aspersão. Este rito de iniciação está presentes em vários grupos, religiosos.

É o principal sacramento na Umbanda e em muitas outras religiões. Sacralizar é atribuir caráter sagrado a algo ou a alguém. Atualmente, pouca importância se dá às cerimônias, mas existe um fundamento divino, uma correspondência astral amparadora, por trás de cada sacramento. Cada cerimônia, se praticada com o devido respeito, é extremamente benéfica. Os Sacramentos na Umbanda são cerimônias eficazes, realizadas durante um culto religioso, para a proteção divina dos fiéis. São sinais sensíveis, instituídos para nos dar a graça santificante de Deus, nosso Divino Pai Olorum. O batismo é uma cerimônia indispensável, para que a pessoa tenha uma vida religiosa plena. Com o batismo, o (a) dirigente faz a apresentação do fiel à Divindade, para que o espírito sintonize melhor a proteção do orixá e suas vibrações. Em todas as cerimônias no Templo, devemos permanecer sérios, compenetrados, sem brincadeiras, solenes e reverentes, tendo consciência de que Babalorixás e Ialorixás consagrados têm o poder, perante os orixás, para realizar esses atos, ou o guia chefe da casa. Cada Sacramento é um ato de fé, é revestir a cerimônia com a vibração do (a) dirigente, com a sua convicção e religiosidade, marcando esses momentos únicos na vida das pessoas, no seio de sua comunidade religiosa. Sugerimos que as pessoas a serem batizadas, maiores de dez anos, pois já tem noção da religião sendo assim tenham iniciação na Doutrina e na vivência dos Rituais de Umbanda, para que coloquem em prática, o mais cedo possível, as virtudes fundamentais para seu crescimento espiritual.

Batismo de Criança






O batismo é o ato divino que reveste o espírito e o mental da criança com uma aura protetora semelhante à proteção divina que o espírito recebe ao reencarnar. O sacramento do batismo existe desde a antiguidade e, praticamente, em quase todas as religiões. Deve ser feito, preferencialmente, nos sete primeiros meses de vida da criança, mas poderá ser realizado para crianças até dez anos de idade ou para qualquer pessoa, não importa a idade. Após a infância, faz-se a conversão do fiel, com o batismo e a imantação na nova religião, que passa a amoldar sutilmente o espírito nas suas irradiações. O batismo é o sinal de entrada na religião, no Templo, onde o batizando se torna filho de Olorum (Deus) e seguidor de Pai Oxalá, passando a fazer parte de seu "exército branco". Ele é o primeiro e mais importante dos sacramentos, pois é a porta de entrada para o recebimento das bênçãos divinas e dos demais sacramentos. Pelo batismo, a pessoa é incorporada ao Templo de Umbanda e constituída como um novo irmão, passando a ter os direitos e deveres próprios da religião. Por isso, é conveniente que a preparação e a celebração do batismo ocorra na comunidade religiosa freqüentada pelos pais, no caso de crianças, ou pelos amigos e parentes, no caso de adultos. Isso facilitará a integração do novo membro. Em caso de um dos pais ser de religião diferente, esta deverá ser respeitada, tanto quanto a Umbanda.

SIGNIFICADO
Segundo o Dicionário Aurélio, o termo batismo vem do grego, baptismós, que significa mergulhar. Em latim, baptismu. É um sacramento religioso onde através da imersão, da ablução ou simplesmente da aspersão de água significa um renascer espiritual, com purificação de todas as culpas e pecados.


ORIGEM
A origem deste sacramento é tão antiga quanto a humanidade. Cada povo de uma forma ou de outra, sempre teve seu ritual iniciático.
Todos conhecemos a passagem do batismo de Jesus por João Batista. Ali o batismo foi feito por imersão.
As Igrejas Evangélicas e Protestantes praticam até hoje esta forma de batismo. Já na Igreja Católica, a forma comumente usada é de aspersão, ou seja, a água é jogada sobre a cabeça da pessoa a ser batizada.










O BATISMO NA UMBANDA
Como em tantas outras religiões, também a Umbanda possui este ritual.
Sendo uma religião cristã, estando acima de todos nós o nosso Mestre Jesus, Oxalá, Nosso Médium Supremo, o batismo na Umbanda é realizado para consagrar os filhos adeptos, como forma de protegê-los contra o mal e contra a negatividade.
Nesta religião, tanto é usada a forma de aspersão (normalmente quando é realizado dentro dos terreiros) como também de imersão (nos rituais de cachoeira).
Como na Igreja Católica, os filhos indicam padrinhos para orientá-los no caminho da espiritualidade, na Umbanda, tais padrinhos podem ser guias ou orixás, os quais serão devidamente representados por seus médiuns na hora da consagração.









LOCAIS PARA A PRÁTICA DO BATISMO
O ritual pode ser praticado dentro do próprio terreiro como também na cachoeira, local de maior vibração de Mãe Oxum, mãe e protetora de todos os filhos de Umbanda e senhora das águas doces.
Em alguns terreiros, por orientação do Chefe da Casa, o batismo pode também ocorrer na praia.













FUNDAMENTO DO BATISMO
Independentemente da religião é importante entendermos que o ritual fundamenta-se na limpeza áurica e na ativação dos chakras.
A água tem o simbolismo da limpeza, da purificação, jogada ou aspergida normalmente na cabeça, na altura do chakra coronário, simboliza a limpeza deste chakra e sua ativação, promovendo uma unificação com as forças espirituais superiores (lembre-se que nas Igrejas Católica e Evangélica fala-se em batismo pelo Espírito Santo). Na Umbanda, além de ativarmos a ligação do chakra coronário com a força de Oxalá (Jesus), promovendo então, não só a limpeza espiritual como o fortalecimento e o equilíbrio das energias cósmicas com a energia terrena. Por isso que, em geral, o batismo é realizado com água doce (água da cachoeira).
Há ainda o cruzamento de pemba, onde os chakras ligados à espiritualidade são cruzados, simbolizando o fechamento destes às forças negativas, ativando-os tão somente para a entrada de energias positivas e benéficas e a consagração com vinho tinto de mesa suave representando o sangue de N. S. Jesus Cristo, e o sal bento representando as duras e amargas lutas do filho, mais que acima de tudo o filho estará protegido e consagrado para lutar e vencer seus abstáculos.
Como em todos os rituais de Umbanda, a cerimônia é permeada por pontos de louvação específicos para o ritual.
No mais, cada chefe de terreiro dará suas instruções para o ritual, pois que este depende ainda da linha e da falange que comanda a casa umbandista e sua forma de trabalho.





Batismo de Médium

O batismo é um acolhimento dos filhos de fé. É um sacramento indispensável para a pessoa ter vida religiosa plena. É uma iniciação. Cada religião tem uma hierarquia divina: anjos, arcanjos, querubins, devas... Na Umbanda temos a hierarquia dos Orixás. O batismo é, portanto, uma apresentação às divindades da Umbanda, para que enviem as suas vibrações ao espírito encarnado e assim ele passe a receber a proteção dos Orixás. O espírito e o mental do batizando passam a ser amoldados sutilmente na nova vida, na nova religião, revestidos com uma aura protetora divina.









Como Usar a vela do Batismo:

Aos médiuns Quando for necessário acender a vela e levar ate seu chakra frontal permanecer por cinco minutos e mentalizar a problema e pedir solução, feito isso apagar a vela sem soprar apagar com os dedos e guardar.

As crianças postar sobre a cabeça da criança e, de preferência, às suas costas. Se houver algum problema de causa desconhecida com a criança, acender a vela e elevá-la sobre a sua cabeça. O campo imantador da própria criança começará a se abrir e a criar a proteção e a limpeza necessária.

Os Padrinhos e Madrinhas

Orientação aos padrinhos e aos pais

Ser padrinho é assumir perante Pai Olorum e Pai Oxalá o compromisso de segundo pai e segunda mãe, prometendo cuidar de seu (sua) afilhado (a) sempre que necessário.
A vela batismal será levada para casa e guardada pela mãe. Essa vela é símbolo da Luz Divina e deve ser acesa (apenas quando necessário).

Os Padrinhos Espirituais - Orixás- assumem o amparo divino do afilhado, juntamente com o Orixá de frente e o Orixá juntó.

Os Padrinhos Encarnados - assumem a responsabilidade de serem orientadores do (a) afilhado (a) na Umbanda juntamente com o Babalorixá ou Ialorixá.

Ogãs Cambonos(as) Ekédis

Os Servos Sagrados - Ogãs e Cambonos (as) Ekédis (Nos Candomblés)

Dentro do ritual do santo, existem funções (cargo) que são fundamentais para o bom andamento das funções do santo; Ogãs e Cambonos (as) (dentro da Umbanda) Ekédis (Nos Candomblés).

São considerados pelo próprio santo como servos sagrados, tendo a função de observar os trabalhos enquanto o Zelador (Pai no santo) ou Zeladora ( Mãe no Santo) encontra-se incorporado por uma das entidades chefes da casa.

Abaixo falaremos um pouco dessas duas funções, cuja a importância é necessária e em algumas situações são eles que impedem problemas dentro da casa do santo.

O G Ã S

São eles que têm como uma das principais funções o toque dos atabaques (Rum o maior Rompi o médio e Lé o pequeno) para a chegada das entidades a casa de santo.

Na Umbanda os Ogãs são naturalmente e normalmente os tocadores de atabaques, os Ogãs, mesmo os de Umbanda, normalmente não são rodantes, embora isso possa ocorrer, neste caso, deveriam não ser considerados Ogãs, e sim alguém que estaria ajudando na casa tocando o atabaque enquanto aprende e desenvolve sua mediunidade. De qualquer forma, é preocupante, o atabaque faz a chamada das entidades, e se o Ogã manifesta-se com sua mediunidade, poderá haver quebra de concentração e uma quebra fluídica. Isso ocasionará transtornos e mal estar nos médiuns.

Há um tempo atrás, era uma regra geral que atabaques fossem instrumentos consagrados unicamente ao Ogã do sexo masculino, hoje esta regra vem sendo quebrada em casas menos tradicionais.

São eles que são os detentores dos toques e cantigas específicas para cada situação característica, sendo a função do Ogã imprescindível, por exemplo, numa sessão de descarrego. Não possuem dentro do santo o Pai no Santo ou a Mãe no Santo. Dentro da casa são filhos diretos de alguma entidade chefe. O ritual do Ogã começa com a suspensão dentro da casa de santo, ritual cuja alguma entidade do Pai ou Mãe no Santo o suspende, e o apresenta a todos como Ogã e futuro filho dentro do Axé.

Esse Ogã passa a ser respeitado dentro da casa de santo, por ter sido confirmado e fica prometida a futura obrigação para feitura. A obrigação do Ogã passa a ser questão de alguns meses.

Tem voz ativa dentro da casa do axé, podendo em certas situações designar obrigações e ordenar funções.

Existem os Ogãs Alabês (cuja função principal é cantar e tocar) e os Ogãs Axoguns (cuja função seria além de um Alabê, aquele que tem a mão de Obé, ou seja, tem a mão de faca, podendo cortar para os Orixás da casa isso é se a casa fizer sacrifício de animais. Em algumas linhas existe também o Ogã com mão de Ofá (podendo colher somente ele, ervas sagradas).

O Ogã não é simplesmente um tocador de atabaques e um cantador de pontos, são homens cuja a função é também deter segredos e rituais cujo conhecimento só é revelado para o Pai no Santo ou Mãe no Santo e para o Ogã.



Cambonos (as) na Umbanda Ekédis no Candomblé


Os Cambonos (as), a principais características desses filhos, notadamente é que não se manifestam com Orixás ou Entidades Espirituais, não são rodantes. Na Umbanda, os cambonos cabem no auxilio as entidades e consulentes responsáveis por escrever as receitas que as entidades passam para os consulentes e atender o que a entidade precisa naquele momento desde as bebidas, fumos, velas e outro material que precisa no momento. Há uma característica muito comum na Umbanda, que é iniciarem as pessoas aos trabalhos como cambonos, a maioria dos filhos, mesmo os que têm a capacidade de incorporação. Enquanto, a mediunidade vai se desenvolvendo eles ajudam os mais velhos que já tem a mediunidade desenvolvida, esse trabalho de ajuda, não cessa por completo com o desenvolvimento. Na Umbanda, quando não incorporados todos procuram ajudar os demais aos mais novos inclusive.

Em geral a função Ekédis (no Candomblé) é pertencente às mulheres, cuja função é de suma importância, sendo elas as ordenanças da casa do santo, escutam o recado e transmitem as ordens.

Diferentes dos ogãs não são suspensas e são verdadeiramente filhas do Pai ou da Mãe no Santo. Em geral são as tradutoras da linguagem usada pelo santo. São quase sempre responsáveis por zelar pelos Axés dentro da casa. São detentoras, como os Ogãs, de segredos necessários para a manutenção das energias (Axés) dentro da casa de santo.

O respeito aos Cambonos (as), Ekédis é uma característica bem marcante, sendo elas bem respeitadas e algumas vezes até autoritárias (às vezes é necessário pela função que ocupam).

Quando necessário, tem a permissão do santo para atuarem como Ogãs, podendo tocar e cantar.

Em muitas casas de santo, são elas as cozinheiras do Axé; acabam sendo as responsáveis pela comida do santo e em algumas vezes atuando como mães criadeiras, permanecendo junto com os Filhos (Iaôs ou Abiâs) durante o processo de feitura ou Boris (deitada do filho no santo para sua obrigação de cabeça).

Como os Ogãs são importantes no que se diz a respeito aos ebós (limpeza espiritual dos filhos), sendo algumas vezes mais necessárias que os próprios Ogãs.




sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Aura Humana




aura humana



A aura humana rodeia todo o corpo físico, com efeito tridimensional, sendo que quanto mais saudável maior será a figura elíptica que o envolve. Em um indivíduo médio ela ocupa entre 2,5 e 3 metros ao redor do corpo. A forma, as cores, a nitidez e a distribuição de seus feixes de luz indicam estado físico, mental, emocional e espiritual.

Estamos trocando energias de forma permanente com nosso ambiente, seja respirando, comendo, eliminando toxinas ou detritos corporais que podemos ver e sentir. Entretanto existe um mundo invisível aos sentidos normais do ser humano. Da mesma forma que existe substâncias tóxicas para o corpo físico, que inclusive podem causar a morte, também existe energias etéricas e astrais. Assim como um ferimento físico pode fazer com que uma pessoa perca grande quantidade de sangue, um buraco etérico pode esvaziar sua energia vital. O mais problemático é que você irá ao médico por diferentes quadros de doenças ou sintomas físicos, que são tratados sem que se elimine a causa real. Em muitos casos sequer será possível detectar algum tipo de problema físico, sendo diagnosticado como "stress" ou "um vírus". Depois de tomar uma infinidade de pastilhas, ( remédios), fazer exames e mais exames dirão que não encontraram NADA! Só que você sente-se mal, está triste, sente cansaço, chora, falta um pedaço...

sim, um pedaço em alguma parte de seu campo energético, existe um buraco em sua aura, por onde sua energia está sendo drenada e ao mesmo tempo permitindo que entrem detritos energéticos de outras pessoas. Cansaço, sonolência, sensação de frio, sensação de estar sujo, "pegar" odores desagradáveis, extremidades frias são algumas das sensações mais habituais de que sua capa de energia está débil.

Quem necessita viajar em transporte público ou atender pessoas doentes ou estar em contato com muitas pessoas durante o dia certamente passará por situações em que sua energia pode ser vampirizada, sendo absolutamente necessário criar um campo de proteção.

DEUS - ESPÍRITO - MATÉRIA

Deus: a causa primária, a inteligência suprema, cuja natureza não nos é dada
conhecer, agora.
Espírito: o princípio inteligente, uma "energia pensante", com inteligência e
moralidade próprias.
Matéria: que na definição espírita é "tudo sobre o qual o Espírito exerce a sua
ação."
Observa-se, portanto, que o conceito espírita de matéria transcende à definição
da física oficial (tudo que tem massa e ocupa lugar no espaço). Se retirarmos do Universo
os Espíritos e Deus, tudo o que restar é matéria.
Reconhece-se três tipos de matéria:
a) Matéria Ponderável: é a matéria do mundo físico, que preenche o mundo dos
encarnados e dá origem aos corpos físicos;
b) Matéria Imponderável: é a matéria do mundo espiritual, num tônus vibratório
mais elevado que não nos é dado perceber. Forma o perispírito, as construções do mundo espiritual e os fluidos espirituais.
c) Fluido Cósmico Universal: É a matéria elementar primitiva, dispersa por
todo o Universo. Uma matéria extremamente sutil, cujas modificações e transformações vão constituir a inumerável variedade dos corpos da natureza. É nesse elemento primordial para a vida, que vibram e vivem todos os seres e todas as coisas: constelações e sóis, mundos e almas, como peixes no oceano. A manipulação desse fluido pelos Espíritos através de seus pensamentos e sentimentos,vai dar origem aos fluidos espirituais.


Já está comprovada a importância dos chakras para a saúde física.


CHAKRAS PRINCIPAIS OS SETE


CHAKRAS

A palavra chakra vem do sânscrito e significa roda, disco, centro, plexo. Nesta forma eles são percebidos por videntes como vórtices (redemoinhos) de energia vital, espirais girando em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo. Os chakras são pontos de interseção entre vários planos e através deles nosso corpo etérico se manifesta mais intensamente no corpo físico.

Os vedas (2000 a. c.) contêm os mais antigos registros sobre chakras de que se tem notícia. Quando foram escritos, a Yoga já sistematizava o conhecimento e o trabalho energético dos chakras.

São sete os principais chakras, dispostos desde a base da coluna vertebral até o alto da cabeça e cada um corresponde à uma das sete principais glândulas do corpo humano. Cada um destes chakras está em estreita correspondência com certas funções físicas, mentais, vitais ou espirituais. Num corpo saudável, todos esses vórtices giram a uma grande velocidade, permitindo que a "prana", flua para cima por intermédio do sistema endócrino. Mas se um desses centros começa a diminuir a velocidade de rotação, o fluxo de energia fica inibido ou bloqueado - e disso resulta o envelhecimento ou a doença.

Os chakras são conectados entre si por uma espécie de tubo etérico ( Nadi ) principal chamado "sushumna", ao longo do eixo central do corpo humano, por onde dois outros canais alternados "Ida" que sai da base da espinha dorsal à esquerda de sushumna e "pingala" à direita ( na mulher estão invertidas estas posições ).

Os nadis conduzem e regulam o "prana" ( energias Yin e Yang ) em espirais concêntricas. Estes nadis são os principais, entre milhares, que percorrem todo o corpo em todas as direções, linhas meridianos e pontos. Para os Hindus os nadis são sagrados, é por meio da "Sushumna" que o yogi deixa o seu corpo físico, entra em contato com os planos superiores e traz para o seu cérebro físico a memória de suas experiências.

O Corpo físico e cada um dos Chakra

Nosso corpo físico tem uma ligação sutil com o mundo astral. É através do desequilíbrio desta energia vital que as pessoas adoecem e acabam obstruindo esta ligação com o Divino. Daí, a relação entre as doenças e as crises emocionais. É muito comum ver pessoas que acabam somatizando e transformando energias negativas, depressão,raiva,solidão, em doenças físicas, como cânceres e outras mais graves. Nosso corpo físico tem pontos, que quando ativados, fazem fluir a energia vital, nos trazendo alegria e, principalmente, saúde. É através dos nadis (meridianos) - caminhos invisíveis dentro do nosso organismo - que a energia vital caminha por todo o nosso corpo e chega aos chakras, em pontos que concentram vibrações mais específicas, conforme veremos à seguir:

Muladhara - O primeiro chakra (conhecido como Chakra Base ou Raiz), situado na base da espinha dorsal, relaciona-se com o poder criador da energia sexual. Quando esse chakra está enfraquecido indica distúrbios da sexualidade ou disfunções endócrinas. Quando excessivamente energizado, indica excesso de hormônio, sexualidade exacerbada ou até mesmo a presença de um tumor no local.

Svadhisthana - O segundo chakra também chamado esplênico, sacro ou do baço, é responsável pela energização geral do organismo, e por ele penetram as energias cósmicas mais sutis, que a seguir são distribuídas pelo corpo. Quando esse chakra é estimulado, propicia uma boa captação energética.

Manipura - O terceiro chakra (conhecido como Chakra do Plexo Solar) localiza-se na região do umbigo ou do plexo solar, e está relacionado com as emoções. Quando muito energizado, indica que a pessoa é voltada para as emoções e prazeres imediatos. Quando fraco sugere carência energética, baixo magnetismo, suscetibilidade emocional e a possibilidade de doenças crônicas.

Anahata - O quarto chakra situa-se na direção do coração. Relaciona-se principalmente com o timo e o coração. Sua energia corresponde ao amor e à devoção, como formas sutis e elevadas de emoção. Na tradição católica, este chakra é simbolizado pelo coração luminoso de Cristo. Quando ativado desenvolve todo o potencial para o amor altruísta. Quando enfraquecido indica a necessidade de se libertar do egoísmo e de cultivar maior dedicação ao próximo. No aspecto físico, também pode indicar doenças cardíacas.

Visuddha - O quinto chakra fica na frente da garganta e está ligado à tireóide. Relaciona-se com a capacidade de percepção mais sutil, com o entendimento e com a voz. Quando desenvolvido, de forma geral, indica força de caráter, grande capacidade mental e discernimento. Em caso contrário, pode indicar doenças tireoidianas e fraquezas de diversas funções físicas, psíquicas ou mentais.

Ajna - O sexto chakra situa-se no ponto entre as sobrancelhas. Conhecido como "terceiro olho" na tradição hinduísta, está ligado à capacidade intuitiva e à percepção sutil. Quando bem desenvolvido, pode indicar um sensitivo de alto grau. Enfraquecido aponta para um certo primitivismo psico-mental ou, no aspecto físico, para tumoração craniana.

Sahasrara - O sétimo é o mais importante dos chakras, situa-se no alto da cabeça e relaciona-se com o padrão energético global da pessoa. Conhecido como chakra da coroa, é representado na tradição indiana por uma flor de lótus de mil pétalas na cor violeta. Através dele recebemos a luz divina. A tradição de coroar os reis fundamenta-se no princípio da estimulação deste chakra, de modo a dinamizar a capacidade espiritual e a consciência superior do ser humano.

Significado das cores:

Aura verde= Autoconfiança, capacidade de resolver problemas e de perdoar e de amar a paz; sensibilidade. É organizador, planejador e estrategista. A predominância da cor verde na aura das pessoas indica saúde e vigor. Esse tom costuma aparecer com grande intensidade na região da cabeça, pois está associado á atividade mental. Nos animais, a aura verde indica mansidão. Nas plantas, demonstra a emissão de fortes ondas de energia positiva, sendo muito comum nos vegetais dotados de propriedades curativas. Os objetos de aura verde são de uma autêntica fonte de positividade. Costumam apresentar esse tom depois de terem sido tocados por pessoas que estão de bem com a vida.

Aura amarela= Capacidade de dar e receber; ter esperanças; a saúde e a família desempenham um papel importante. Tem o dom de trabalhar em grupo harmoniosamente. O amarelo é uma das cores cinestésicas do espectro; isso significa que uma pessoa com aura desta cor tem uma reação física antes de ter uma resposta emocional ou intelectual. Quando ele entra numa sala cheia de gente, sabe de imediato se quer permanecer ou não. A predominância da cor amarela na aura das pessoas indica inteligência, facilidade para se comunicar e para aprender e supremacia da razão sobre a emoção. Nos animais, pode ser sinal de doença, debilidade física ou tristeza. Nas plantas significa falta de vitalidade, especialmente se a tonalidade do amarelo for muito fraca. Já os objetos de aura amarela costumam ser dotados de pouca energia ou emitir vibrações ruins. Aura azul=Capacidade de cura através das próprias energias mentais e espirituais; age sobre os outros de modo agradável e calmante; altos ideais de vida; sinceridade. O Azul personifica as características do cuidado e do carinho. É a cor da aura que mais se preocupa em ajudar os outros. Predominância da cor azul na aura das pessoas indica paz interior, harmonia, saúde equilibrada. Bem estar, descanso e autoconfiança. Geralmente se manifesta com maior intensidade após um ato sexual satisfatório e durante o sono. Nos animais, à aura azul é sinal de felicidade e de satisfação com o tratamento que vêm recebendo do dono. Nas plantas, indica propriedades tranqüilizantes e analgésicas. Nos objetos, pode ser interpretadas como uma emanação de fluidos positivos.

Aura laranja= Sua busca espiritual é, na verdade, uma busca de um sentido de vida além de si mesmo. A predominância da cor laranja na aura das pessoas indica capacidade de realização, sensualidade, boa saúde, versatilidade e dinamismo. Nos animais é sinal de manifestação dos instintos (fome, sede, desejo sexual). Nas plantas, indica a produção de sementes ou o nascer das flores. Nos objetos, expressa um grande potencial energético (é comum na aura de sinos e de objetos religiosos em geral).

Aura dourada= Adora saber como e por que uma determinada coisa funciona, e lança mão de uma paciência infinita. A espiritualidade, para a pessoa de aura dourada, é o estudo da ordem superior do universo e de leis e princípios que o governam. Ele quer entender a organização mental, as leis ou as probabilidades que geraram a ordem no interior do caos espiritual. A predominância da cor dourada na aura das pessoas indica espiritualidade elevada e prosperidade. Ela surge com mais intensidade na região do tórax, pois está associada ao amor, qualidade inerente ao centro energético do coração. Nos animais, o dourado expressa felicidade. Nas plantas, simboliza suavidade e fluidos positivos. Nos objetos, mostra que foram tocados por uma pessoa bem intencionada.

Aura violeta= Espiritualidade bem desenvolvida; inspirações criativas; capacidade de transformar os sofrimentos pessoais em fatores positivos para o próprio destino. O violeta é a cor do espectro mais próxima do equilíbrio psíquico, emocional e espiritual em vigor no planeta neste momento. A predominância dessa cor na aura das pessoas é expressão de poderes mediúnicos, capacidade de compreensão, saúde e mentes equilibradas.Quando surge nos animais, a aura violeta significa satisfação e fidelidade. Nas plantas, é sinal de uma força positiva tanto que as violetas e as flores de lótus que simbolizam a espiritualidade, costumam ter a aura dessa cor. Nos objetos, indica uma forte concentração energética, e, geralmente se manifesta depois que o objeto foi tocado por uma pessoa espiritualmente evoluída.

Aura prateada= Um curandeiro, médium natural. Utiliza energia para transformar luz em raios que curam, seu maior desafio é aprender a se conhecer e descobrir seus dons especiais.

Aura Anil Índigo= A aguda perspicácia intelectual é um dos aspectos mais gratificantes e mais exasperantes, é brilhante e inquiridor, com uma inteligência que vai muito além dos conceitos mais tradicionais.

Aura cristal= A predominância dessa cor (uma espécie de névoa brilhante e branca) na aura das pessoas indica dons telepáticos, poder de cura, para normalidade, pureza e bondade. Costuma se manifestar com maior força nas mãos de massagistas e outras pessoas que lidam com cura. Nos animais é sinal de capacidade de adaptação. Nas plantas, a aura cristal tanto pode significar positividade quanto falta de vigor e vulnerabilidade. E, nos objetos, a aura cristal, expressa o poder de receber e emanar energias.

BIOENERGIA

"ISTO É O HOMEM, UM SER DE ENERGIA NUMA GALÁXIA DE ENERGIAS, DINAMICAMENTE LIGADO A TODA A VIDA E ÀS FORÇAS DO UNIVERSO."

BIOENERGIA

A bioenergia é a energia primordial do todo.

É o campo onde tudo acontece. É a vida.

Sempre o homem teve consciência da existência dessa energia e ao longo do tempo foi chamada de energia KI, energia vital, Prana, Mana, Munis, Magnale Magnum, Magnetismo animal, Força ódica, Raios-N, Força "X", Energia Orgoni,Aura, Éter, Psicossomática, Energia bioplasmatica , Energia Psicotronica, etc.

Desde os tempos primordiais o homem conhece essa energia que aparece como aureola na cabeça dos santos, está presente nas curas pela imposição das mãos, na benção dos velhos, pais e clérigos, na rabdoscopia, nos fenômenos psi-kapa, na telepatia, nas terapias alternativas como Do-In, acupuntura, Shiatsu, moscabustão , etc.

Hoje com a Kirleografia, fotografia da aura, podemos ver e estudar a Bioenergia e seus efeitos. Sabemos hoje que está ligada diretamente com a saúde física e mental dos seres vivos, e que toda e qualquer enfermidade antes mesmo de aparecer no corpo já pode ser detectada através do fluxo da bioenergia nesse corpo.

Das doenças oriundas do desequilíbrio da Bioenergia, a mais freqüente é o CÂNCER (wilhem Reich - A biopatia do câncer)

Corrigindo e equilibrando esse fluxo, conseguimos evitar a manifestação da doença.

A Bioenergia se manifesta em dois pólos opostos e complementares,YIN - YANG, (masculino feminino, quente frio, luz sombra, centrípeto, etc. )

O campo Bioenergético é modulado pelas formas, de modo que todas as coisas adquirem uma potencialidade energética própria, obedecendo sempre os princípios da polarização.

Assim podemos caracterizar os alimentos em Yin ou Yang conforme sua forma, cor, sabor etc. (macrobiótica).

Toda as coisas portanto, tem sua polarização, conforme suas dimensões e formas, de modo que podem interferir por ressonância sobre os seres vivos, sendo assim benéficos ou não. conforme a potencialidade da sua polarização.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

O poder dos CRISTAIS parte I

O poder dos cristais


Cristais e pedras com propriedades terapêuticas e espirituais

Ao longo dos tempos, a milhares de anos atrás quando o planeta terra ainda estava em formação foram forjados os cristais com as erupções vulcânicas que durante sua formação, todos os minerais sofrem um processo de cristalização ao atingirem uma determinada temperatura, este processo forma uma estrutura molecular interna que faz com as forças electromagnéticas dos minerais tenham uma freqüência regular e como tal, têm propriedades de equilibrar e harmonizar a energia pertencente a outros corpos criando efeitos benéficos e curativos. energia das pedras e dos cristais tem beneficiado o Homem. A ciência demonstrou que os minerais transmitem energia e esta é emitida através de vibrações.

São conhecidos mais de 2000 minerais distintos. os minerais dividem-se em três grupos: as pedras preciosas, as pedras finas e as pedras ornamentais, tendo em atenção que o poder energético nada tem a ver com o valor comercial.

Ao redor de qualquer corpo existe uma aura que é um campo energético, na presença de cristais, tendo estes um campo energético muito forte, vai criar uma interação de energias que trazem o equilíbrio e o bem estar. Quando uma pessoa está doente a aura apresenta desequilíbrios, estes podem ser contrariados com o poder harmonizador dos cristais.

O verdadeiro poder dos cristais está na força para modificar de forma positiva a vida psíquica e física do ser humano. Este poder surge das suas propriedades físicas e morfológicas estudadas pela mineralogia. Existem minerais com grandes poderes curativos e até mesmo adivinhatórios.

Limpeza dos Cristais e energização

É aconselhável para as pessoas que desejam obter um cristal, escolher um simples, como o quartzo (transparente). Segure o cristal em suas mãos e procure sentir a vibração que eles emitem. Se sentir uma mudança de temperatura nas mãos ou uma espécie de formigamento, este será o cristal ideal para você.

Após a compra do cristal escolhido, ele deverá passar por um processo especial de limpeza e energização. É importante saber que quando um cristal entra em contato com o corpo físico, ele absorve muitas energias negativas, precisando ser limpos e energizados antes de usar.

A limpeza em um cristal, faz com que todas as energias por ela absorvida sejam descarregadas. A energização devolve as energias ao cristal, desta maneira, estando pronta para usá-la novamente.

Método de Limpeza
Apresentamos algumas maneiras de como fazer uma limpeza em seu cristal:

* Pegue uma bacia de vidro ou de ágata (não pode ser de alumínio nem de plástico), coloque água e sal grosso, deixando os cristais submersos por 24 horas ou mais.

* Separe os cristais a serem limpos, deixe-os exposto à uma chuva forte, desta maneira eles descarregam as energias negativas para a terra.

* Pegue o(s) cristal(is) a serem limpos. Ascenda um incenso de seu gosto e assopre a fumaça em direção aos cristais. Faça este processo 3 vezes.

Método de Energização
Apresentamos algumas maneiras de como fazer uma energização em seu cristal:

* Para quem mora perto de um rio ou riacho, é uma ótima opção, deixar a água da correnteza cair sobre os cristais ou coloque para energizar com água filtrada ou água mineral sem gás por duas horas.

* Deixe os cristais exposto à luz solar, no mínimo por seis horas, ou deixe exposto a luz lunar, ficando a noite inteira.

* Pegue um ou dois cristais de cada vez. Segure-os na mão, deixando a água da torneira cobrir os cristais, imaginando uma luz dourada penetrando no cristal. Permaneça com os cristais na água por 2 minutos ou mais.

* Enterre os cristais e deixe-os por 24 horas.

* Deixe os cristais perto de uma Drusa (Quartzo transparente com várias pontas) por algumas horas.





Drusas

PEDRAS, CRISTAIS E SUAS APLICAÇÕES









Ágata do Musgo: Indicada para pessoas que tem as sensações sexuais reprimidas.







Ágata verde: A ágata verde pode atrair a riqueza, mas não necessariamente sob a forma de dinheiro. Restaura a energia e a saúde, traz felicidade, equilíbrio emocional, força, persuasão, auto-estima e ego. O verde contém as poderosas energias da natureza, o crescimento, o desejo de expansão e de crescimento. O equilíbrio e o sentido de ordem são encontrados nesta cor. A mudança e a transformação são necessárias para o crescimento e, por isso, a capacidade de sustentar mudanças é, também, uma parte da energia da ágata verde.












Ágata: Desenvolve a coragem e a força, ajudando a descobrir a verdade e a aceitar o destino. Fortalece o corpo e a mente. É uma pedra energética e poderosa. Auxilia no sistema circulatório e no pâncreas. encontradas de diversas cores, tem grande poder de cura trabalhando nos chacras e agindo de acordo à cor. Não podem ser usadas ágatas tingidas como a pink e roxa. Funciona como proteção podendo ser colocada no berço ou cama das crianças; é tônica e revigorante quando usada no chacra da base ou do baço.













ÁGATA DE BOTSWANA: ajuda se livrar do vício do cigarro e da bebida. Boa para o sistema circulatório e harmonizador do sistema emocional.













ÁGATA DE FOGO: tem influencia sobre o sistema endócrino; colabora para manter a boa memória e o raciocínio lógico.












ÁGATA AZUL: traz paz e tranqüilidade, desperta a fé e aumenta a concentração. Quando colocada num ambiente dissipa a energia tensa do ambiente evitando as discussões. Pertence ao planeta Vênus. Deve ser usada nos ambientes melhor do que nos chacras.





















Água-marinha: O nome é devido a sua cor, do latim acqua marinae. É uma das gemas mais populares. Assim como a esmeralda e a morganita, pertence ao grupo dos berilos. A cor vai de um tom azul pálido quase incolor, à um azul forte intenso e quanto mais intenso mais é valiosa. Algumas apresentam um tom de azul esverdeado, é uma característica típica de onde ela minou. Pedra relaxante,alivia a tensão, diminui o estresse e esgotamento físico e mental.










ALEXANDRITA: Uma das mais místicas pedras. É uma "esmeralda" de dia e um "rubi"de noite. À luz do dia é verde e, com luz artificial, vermelha. Quanto mais espessas as pedras, maior a facilidade de se ver a mudança de cor. Ajuda a superar traumas e mantêm o equilíbrio do sistema nervoso. Abrem os canais para se verem as oportunidades e favorece os relacionamentos afetivos. Trabalha no chacra do coração e o esplênico.


















AMAZONITA: De cor verde azulada, alinha os corpos etérico e mental. Pela união das cores serve para equilibrar todos os chacras; abre os canais da prosperidade; promove o relaxamente mental e a diminuição do stress; e amplia a mente.












Âmbar: para os que estão desesperados e precisam de algum tipo de alívio.







AMETISTA: É um cristal de quartzo que promove a paz. Combate a insônia e favorece os sonhos bons. Ajuda a eliminar o medo, eleva o espírito e promove a espiritualidade. É considerada a pedra da era de Aquário. Torna as pessoas compassivas e generosas. Muito boa para curar problemas de pele, olhos e do sistema imunológico. Afasta os vícios e tira as pessoas da inércia. Age no chacra coronário, na terceira visão ou frontal e muitas vezes no laríngeo.









APATITA: ajuda a combater o stress, aliviar os músculos do rosto principalmente e deixa o cérebro mais ativo. Desperta a espiritualidade e a concentração. Também é muito usada para a produção de adubos.











ARAGONITA: este cristal que se encontra em forma de estalagtita na natureza ajuda a tratar do stress e de todos os processos mentais ou emocionais que se desenvolvem com extrema rapidez não permitindo que se raciocine adequadamente. Promove a flexibilidade mental.











AZURITA: pode ser facilmente confundida com sodalita. Possui efeito calmante e é usada para melhorar a concentração. Pode tornar a mente mais aberta à compreensão e ajudar na meditação quando usada na terceira visão. Foi muito usada na antiguidade como pigmento para tingir.

CALCITAS: Ampliam a função da mente e estimulam a concentração. Ajuda no trabalho dos rins para a eliminação das toxinas. Combate o medo. E estabelece pontos de conexão entre pessoas e situações com dificuldade de achar o ponto de contato.





Calcita Laranja: em contato com a pele protege e aumenta a vitalidade do corpo físico. Deve ser usada no chacra do baço. Ajuda nos processos mentais despertando a criatividade e ajudando nos estudos. Os estudantes deveriam usar sempre um pedaço de calcita laranja.









Calcita Verde: atrai dinheiro e prosperidade. Estimula a intelectualidade e favorece o funcionamento intestinal












Calcita Amarela: favorece a meditação e clareia a mente. Une a matéria ao espírito.











Calcita Branca: ajuda nos contatos espirituais e desenvolve a intuição. Muito boa para ser usada por quem trabalha com cura metafísica.









Calcita Ótica: foi muito usada para a confecção de lentes. Hoje sente-se sua força nos contatos mediúnicos e na comunicação energética. Colocada no terceiro olho faz com que se abra a intuição facilitando viagens astrais e também reaviva nossos ideais e objetivos de vida







CIANITA: favorece a comunicação verbal porque ativa o chacra laríngeo; trata das dores de gargantas e de dentes e gengivas; dor de cabeça; preguiça e cansaço; muito boa para ser usada em caso de resfriados e abuso de umidade. De uma cor azul muito clara e brilhante é boa para promover clareza mental.










CITRINO: É uma forma de quartzo. Aumenta o trabalho mental, ajuda nas emoções e equilibra o chacra do plexo solar e suas funções. Ajuda no trabalho da digestão. Desenvolve a autoconfiança. Pertence ao planeta Sol e aos signos de Gêmeos e Leão. Pode ser usado no chacra do plexo solar e no da cora, sendo que neste último equilibra os corpos energéticos e espirituais







CORAL: Não é pedra. É um pedaço de algum esqueleto marinho. Aumenta a imunidade, alivia as preocupações e eleva as vibrações positivas da mente. Usada para combater a inveja e o chamado mau olhado. Revigora o coração, a concentração e os ossos.







CORNALINA: Acalma a raiva, os estados depressivos, o ódio e o ciúme. Boa para combater a timidez e insegurança. Abre o chacra do coração. Pertence ao planeta Sol e é boa para o signo de Leão. Deve ser usado no chacra do plexo solar.





CRISOCOLA: Ajuda a tratar de medos, ilusões e sentimento de culpa. Muito boa para tratar de problemas do sistema reprodutor feminino. Amplia o pensamento e ajuda a tratar de perturbações digestivas e da artrite. Deve ser usada no chacra da base.







Crisoprasio: para arrogância e o egoísmo; Falta de apetite, enxaqueca, dá ânimo sexual e crescimento espiritual. Ajuda a passar confiança para outras pessoas e ajuda também a trazer o sentimento de segurança. Ajuda-nos a se tornar independentes de outras pessoas e a ser felizes. Reduzem o ciúme, dores de cabeça e também ajuda em problemas sexuais. Desentoxifica nosso sistema físico. Ajuda-nos a lhe dar com imagens opressivas. Esse cristal é ótimo para crianças que acordam à noite e não conseguem reconhecer as coisas à sua volta. Ajuda na estimulação e eliminação de toxinas em nosso corpo.

CRISTAIS DE QUARTZO: Emitem proteção contra todo tipo de radiação negativa. Tem o poder de armazenar e expandir formas pensamentos. São muito usados como transmissores em eletrônica e radiodifusão. Muito usados para cura pelos curadores e xamãs do mundo todo. Pertence aos planetas Sol e Luz. Servem para todos os signos.

Transparente ou translúcido: excelente para a meditação e o uso em radiestesia; equilibra as emoções; desfaz a energia negativa nas pessoas e nos ambientes. Pode ser usada em todos os chacras.









QUARTZO BRANCO: Polivalente, serve para tudo.
É estimulante, equilibra as energias, ativa e desativa energias.
Limpa o campo áurico.
Bom para o estresse.










Quartzo Verde AVENTURINA: para ser usado no chacra do coração, promove a saúde e a prosperidade. Excelente para a cura de doenças.
Age na energia da pessoa aumentando a simpatia.
Ajusta o emocional e o físico, estabilizando os efeitos das tensões que provocam as doenças.







Quartzo Rosa: usado no chacra do coração promove o amor e os sentimentos de caridade e bondade. Combate o ciúme e o orgulho. Aumenta a autoconfiança. Pedra da harmonia e extremamente calmante.
Auxilia-nos no resgate da auto-estima, elimina a carência afetiva e a ameniza a depressão, a insônia, a ansiedade e a agressividade.











Quartzo Rutilado: Muito poderoso, combate a depressão, aumenta a clarividência e tem um enorme poder de recuperação do corpo emocional favorecendo a cura. Pode ser usado em todos os chacras. Os fios dentro dele não são ouro, mas antimônio.













Quartzo Fumê: Promove a segurança, dá firmeza e abre os canais dos chacras básico e do baço. Excelente para a meditação. Diz-se que aumenta o poder de ver coisas do passado. Possui muitos restos de elementos minerais e deve ser usado com cuidado. Pedra indicada para concretização de pedidos. Boa para os, pés, pernas e joelhos.







Quartzo Turmalinado: quartzo com fios de turmalina negra. Ajuda nos trabalhos mentais e na projeção astral. Tem muito poder de proteção. Deve ser usado no chacra da base, possuindo um enorme poder de proteção

















Quartzo Azul: Usado para abrir o chacra laríngeo, promove a juventude. Favorece o contato com as crianças. Traz paz e tranqüilidade.






DIAMANTE: Pedra do grande curador remove bloqueios e traumas. Ajuda no tratamento de problemas sexuais, aumenta a função cerebral ampliando o poder mental e abrindo o chacra da coroa o que aumenta o poder de comunicação com o mundo espiritual elevado. Junto com outras pedras intensifica a função delas.








DIAMANTE DE HERKIMER: É uma forma de quartzo usado para combater o stress e alivia a tensão muscular. Serve para armazenar informações para quem usa de poderes mentais. Facilita a clarividência. Chacras: da coroa.









DOLOMITA: muito usada na fabricação de materiais refratários; por conter carbonato de cálcio e magnésio em sua formação acredita-se que possa ajudar na formação dos ossos. Aconselha-se usar um pedaço da pedra, que na sua constituição mais forte em magnésio se chama Magnesita. Usada para a falta de desenvoltura ou medo de fracassar; É uma pedra que está relacionada ao Chakra Básico 1º. , de cor vermelha é indicada para fortalecimento físico, espiritual, emocional e mental, trazendo mais estabilidade emocional, firmeza de atitude, confiabilidade e concretização dos seus planos. Utilizamos essa pedra para crianças com problemas de crescimento e desenvolvimento da estrutura óssea e muscular. Podemos aplicá-la para deficiência de cálcio no organismo para fortalecimento de toda estrutura óssea e muscular inclusive sendo muito eficaz para problemas de TPM e disfunção hormonal, melhorando até a pressão arterial, trata problemas de articulações tais como artrite, artrose nos joelhos e calcanhar. Dolomita é uma pedra para sua força.











ESMERALDA: Pedra poderosíssima para alinhar todos os corpos: físico, mental e espiritual. Aumenta os poderes mentais, a clarividência e a riqueza. Ajuda a equilibrar o chacra do coração principalmente em relação ao pai, assim como o quartzo rosa o faz em relação à mãe. Melhora a meditação e rejuvenesce. Serve para aliviar problemas dos olhos. Deve ser usada sozinha ou apenas com o diamante. Esta pedra traz prazer resgata a esperança.
Nos traz apoio nas situações adversas.
Aguça a percepção dos sentidos, ampliando a sensibilidade.
Ativa a sensualidade.





FLUORITA: Pedra da nova era que aumenta o poder de cura. Ajuda na comunicação com o plano mental e interdimensional. Age sobre os tecidos de sustento principalmente as gengivas. Amplia o poder de prever o futuro. Existem em várias tonalidades: verde, violeta, bicolor, tricolor e amarela principalmente. Usar no chacra frontal e coronário.









GRANADA: Pedra que trabalha no chacra da base promovendo segurança, coragem e força. Revitaliza o corpo físico. Inflama os ânimos, devendo ser evitada pelas pessoas muito nervosas ou agitadas. Deve ser usada no chacra da base.Estimula e aumenta a coragem, ajudando-nos a tomar decisões.
Indicada para a estafa física e para cansaço relacionado a sexualidade.







Hematita: para os sentimentos de não conseguir se defender; Hematita traz força, vitalidade e dinamismo para a sua vida. Traz de volta a sua atenção para o bem estar e para as suas necessidades básicas. Esse cristal pode também ser usado em caso de emergências. Estimula a absorção de ferro e a formação de corpúsculos vermelhos no sangue. Improvisa o fornecimento de oxigênio pelo corpo e estabiliza nossa saúde. Purificador do sangue e do fígado. Ajuda a combater os vícios. É protetora e melhora a auto-estima. Promove a coragem e o otimismo aumentando o poder pessoal. Ajuda na coagulação do sangue e facilita a harmonização da menstruação. Combate as câimbras.








Heliotrópio ou Jaspe Sangüíneo: Pertence às calcedônias. Promove a segurança e aumenta o poder interno acalmando as emoções negativas. Revigora a o sistema circulatório e o sangue. No plano material atrai sorte e dinheiro para os que exigem afeição inquestionável; este mineral é excelente para proteção e é conhecido como a pedra dos xamãs por transformar negatividade. esta pedra é também conhecida pela sua habilidade em equilibrar as energias yin e yang e é um facilitador seguro no trabalho astral. desintoxica o fígado e melhora a circulação sanguínea, as varizes e as
hemorróidas. é boa também para os que têm muito frio. Alinha os chacras básico e cardíaca É uma variedade de quartzo e encontrada em várias cores. Usada para aliviar a dor, diz-se que ajuda na hora do parto.







Jaspe Vermelho: da cor do tijolo, promove a aceitação da vida sexual. Ajuda a manter a juventude, promove a beleza e a graça. Usada para cura do coração de traumas antigos










Jaspe Verde: Pedra muito boa para se ter em casa porque traz harmonia e segurança pela sua sintonia com a Terra. Diminui a tristeza, acalma e alegra. Abre a intuição e alinha os chacras superiores







Jaspe Marrom: Proporciona segurança e ajuda a se manter em contato com a realidade. Combate e libera repressões antigas e sentimentos de medo. Auxilia nos processos de cura dos ossos.











KUNZITA: Trabalha no chacra do coração promovendo paz e tranqüilidade. Age sobre todo o sistema nervoso. É relaxante. Favorece a abertura do amor incondicional.Deve ser usada no chacra do coração.







Jade: Pedra que atrai força e determinação. Fortalece o sistema imunológico e promove lembranças do passado de outras encarnações. Gera amor incondicional. Acredita-se que ela desenvolva as principais virtudes da alma: justiça, modéstia, coragem e sabedoria. Ajuda a lembrar dos sonhos. Tem maior sintonia com a cura oriental. Usar jade promove a união entre a mente e a alma.

Opala: para agitação reprimida devido à tentativa de resistir a qualquer forma de estimulação; é uma ótima opção para o crescimento das crianças. Traz alegria e traz de volta a nossa atenção para as coisas alegres e coloridas da vida. Fortalece o desejo pelas coisas, o erotismo e a sensualidade. Nos faz ficar emocionados, sedutores, inconvencionados com a vida e melhora o otimismo. Encoraja a espontaneidades e o interesse pelas artes.Usada nos processos de recordação de vidas passadas e d e terapia psicológico porque dissolve as emoções reprimidas. Promove a verdade, abre a intuição e desenvolve a beleza interior. Porém deve ser usada por quem já está bem evoluído emocional e espiritualmente. Os antigos não aconselhavam o uso indiscriminado desta pedra porque aumenta as características pessoais, assim tudo pode piorar.






Opala Negra



















Opala Branco











Opala Fogo













Opala Cristal







Opala











Rodocrocita: para exaustão devido à frustração; Pedra de amor e carinho. Causa-nos alegria. Ativa nossos bons pensamentos. Boa para o coração e para câncer. Melhora a qualidade do sono. pedra nacional da Argentina conhecida também como Rosa dos Incas. Possui muito manganês e é usada para o chacra do coração. Promove amor, ajuda na circulação do sangue e na purificação dos rins. Favorece e expande a paz.








Rodocrocitas ou Rosa dos Incas























TURMALINA: Excelente pedra da nova Era condutora das energias mais elevadas. Promove o equilíbrio entre os corpos físico, mental e espiritual. Desperta a compaixão e nivela os estados emocionais.













TURMALINA PRETA: A mais potente das pedras de defesa da atualidade,
Protege, afastando energias negativas, tornando-as positivas.
Pedra muito boa para energização do fígado.
Pedras brancas refletem a luz, as pretas absorvem-na.
São geralmente de ligação à terra e servem de ancora à energia necessária ao nosso equilíbrio físico, mental e emocional.
A turmalina negra é uma pedra protetoras que repele as energias densas e negativas dos ambientes pesados ou conflituosos.
Por ser um cristal estriado e longo é um bom transferidor de energia.
Concentra, protege e inspira todos os que trabalham com a criatividade nas artes como os pintores, músicos, autores, escritores, etc.
Os modernos equipamentos elétrico em geral, especialmente televisões e computadores geram poderosos campos electromagnéticas que desequilibram e interferem na nossa energia. Colocar uma pedra de turmalina negra junto do ecrã do computador ajudará a neutralizar os efeitos nocivos, diminuindo o cansaço e irritabilidade.
Estes cristais devem ser limpos com bastante freqüência.



Turmalina Rosa 'Rubilita': revigora o coração, abre a sabedoria e o amor. Ativa a fertilidade e a criatividade em todos os planos. Atrai amor e amizade. Favorece a cura dos processos emocionais arraigados neste chacra. Deve ser usada no chacra do coração. Pertence ao planeta Vênus e favorece a todos os signos.







Turmalina Azul 'Indicolita': Pedra da paz. No plano físico ativa a garganta, revigora os pulmões e equilibra a tireóide. Ajuda a ter um sono reparador e tranqüilo promovendo bons sonhos. Deve ser usada no chacra laríngeo.











Turmalina Verde: a pedra de cura mais importante desta época. Acalma o cérebro, os nervos e promove a confiança nas pessoas e em si mesmo. Deve ser usada sempre por todos sobre o coração.